08 janeiro 2017

Peru africano

Estava eu na véspera de Natal, a fazer tudo que nem uma lesma. Tinha imenso tempo, pensava eu. Quando, de repente, me lembro que tenho o peru no forno. Não é que o raio do peru esturricou, não tinha azeite. Batem à porta, a minha mãe tinha chegado. Veio-me uma ideia à cabeça. Sirvo o jantar e eu olho para ela, ela olha para mim, e eu digo:
― Então, mãe, não vês que o peru era Africano.
Beatriz Simão Gago Pacheco, 11 anos, Olhão, prof Cândida Vieira

Desafio Escritiva nº 15 – falta um ingrediente e o jantar é dali a nada…

Sem comentários:

Enviar um comentário