23 janeiro 2017

Robócão

O cão que não conseguia andar, decidiu tentar. Levantou o pescoço só que caiu logo para o lado. Ganiu. Chorou. O dono apareceu.
Levantou-o e levou-o para casa. Colocou-lhe ligaduras e gelo. Foi ao veterinário. Arranjaram uma solução! O dono arranjou pernas robóticas. O veterinário instalou-as. Ele transformou-se no robócão.
― Estou curado! Eu sabia que era capaz. Mas a verdade é que, sozinhos, não conseguimos nada. Precisamos de ajuda e precisamos uns dos outros – disse ele alegremente.
Adriana Barbora, Ana Rita Cintrão, Beatriz Pontes, Daniel Borralho, Leonel Oliveira, Renato Martins, EB Quinta de Santa Marta de Corroios, prof Rita Reis
Desafio RS nº 45 – «Eu sabia que era capaz!»

Sem comentários:

Enviar um comentário