13 janeiro 2017

Sabia que era capaz

Mais velha de oito irmãos
Que criou, acarinhou,
Livros e lápis nas mãos,
Embalando… começou!...

«Sabia que era capaz»
De chegar a professora!
Montes e campos atrás,
Sendo impulsionadora!
               
Contra seu progenitor,
De implacável decisão,
De não pretender doutor
Porque não cavava pão!

Propôs-se como externa:
Num só ano, ela fez três!...
No colégio era a Helena,
Quinto feito duma vez!

Desenvolveu com afinco
O brio de quem «semeia»…
Vai fazer noventa e cinco,
Relembra uma odisseia!
Maria do Céu Ferreira, 61 anos, Amarante

Desafio RS nº 45 – «Eu sabia que era capaz!»

Sem comentários:

Enviar um comentário