24 janeiro 2017

Um brilho inteiro

Eu não sabia que a adversidade edifica a toda a hora. Eu não sabia que a inquietude um dia iria embora. Eu não sabia que há certezas que não se vêem, mas que estão lá. Eu não sabia que um dia ia conhecer a felicidade assim. Eu não sabia que estava a crescer. Mas havia um brilho inteiro que sabia. Aqui, bem no fundo. Dentro. Ela olhou para mim e, finalmente, beijei-a. Eu sabia que era capaz!
Clara Lopes, 40 anos, ​Sintra​

Desafio RS nº 45 – «Eu sabia que era capaz!»

Sem comentários:

Enviar um comentário