29 janeiro 2017

Uma rapariga estranha

― Olá! Preciso de ajuda!
― Daqui é o assistente do número 111. O que deseja?
― Estou muito aflita! Perdi as minhas… cuecas.
― Ó senhora, mas esta linha não é para a perda de objetos!!! Esta é a linha para quando não se sabe ensinar alguma matéria ao seu filho.
― Ah! Eu não sabia! Mas pode ajudar-me?
― Olhe, já viu dentro do micro-ondas, ou dentro da mala?
― Encontrei! Adeus! Obrigada!
― Mas que rapariga estranha! Nunca tive um telefonema igual!
Alexandre, 6ºA, 11 anos, Olhão, EB23 Prof Paula Nogueira, prof Cândida Vieira

Desafio nº 111 – linha de atendimento 111

Sem comentários:

Enviar um comentário