08 fevereiro 2017

A antena avariada

Antena avariada. Pintas a piscar na imagem sem parar. Haverá avaria mais rara? Nem cinema, nem revista para animar a casa! Mas talvez a prima Alzira arranje alternativa. Lá estava ela, na varanda a estender as camisas de Edgar. Rapaz afável, capaz de grandes e estranhas engenharias. Viviam nesta casa desde sempre. Casaram na aldeia em setenta e sete, disse-me a minha mãe Margarida. Descendentes, talvez as gatas. Crianças ali, jamais! Sempre tiveram alergia a esses seres.
Mariana Sanchez, 37 anos, Barcelona

Desafio nº 93 – escrever sem O nem U

Sem comentários:

Enviar um comentário