03 fevereiro 2017

Bem...

Eu sempre achei que nunca era ouvido quando queria mais comida, diversão ou cuecas (porquê cuecas?). Então decidi criar o dia da cue..., digo criança com valor e nesse dia eu e outras crianças decidimos que as nossas mães (e pais) tinham de nos ouvir o dia todo (menos nas aulas) e... (já chega de parêntesis)!
Bem, não deu certo e apanhei nas orelhas por ter ignorado os meus pais! Nem tudo corre certo e assim terminou.
Rafael Almeida, 6A, 11 anos, Olhão, EB23 Prof Paula Nogueira, prof Cândida Vieira

Desafio Escritiva nº 14 – direitos da criança

Sem comentários:

Enviar um comentário