11 fevereiro 2017

O silêncio

É Natal e eu acabei de cozinhar. O silêncio é meu único companheiro. Eu ponho todos os pratos na mesa, mas de repente percebo que me falta um ingrediente muito importante para o jantar: a MINHA FAMÍLIA! Como pude ser tão estúpida?
Lembro-me de jantares em família em que nunca houve silêncio e sempre houve risos e ruído.
De repente, a campainha toca e como é Natal os desejos cumprem-se sempre: a minha família chega e enche esse frio silêncio.
Ana Belén Crespo Marcos, 19 anos, Salamanca, prof Paula Pessanha Isidoro

Desafio Escritiva nº 15 – falta um ingrediente e o jantar é dali a nada…

Sem comentários:

Enviar um comentário