21 fevereiro 2017

Partir a perna… ou não

Eu cheguei atrasado porque alguém entrou na minha casa e eu tive de telefonar à polícia. Depois disso, entrei na minha casa de banho e eu fiquei fechado; tive de telefonar aos bombeiros. Eu tentei sair pela janela e parti a perna.
Na minha casa estiveram a polícia, os bombeiros e a ambulância, eles levaram-me ao hospital. Finalmente, o médico que me tratou disse-me que não tinha partido a perna.
Por isso eu cheguei atrasado às aulas.
María Teresa Navarro Sánchez y Mario de Prado Gómez, 2º de Bachillerato, IES Lucía de Medrano, Salamanca, Espanha, prof Javier Madruga

Desafio Escritiva nº 17 – desculpas criativas

Sem comentários:

Enviar um comentário