01 março 2017

Andreia Remígio – desafio nº 94

Alberto sempre tinha sido egoísta e muito malicioso. Infelizmente, Alberto morreu com cancro num quarto de hospital após 3 anos de luta. Deitado na cama, nesse dia, ele fechou os olhos.
Sentiu calor e viu um clarão. Em frente havia um túnel e uma luz. Alberto avançou até ela, mas uma porta bateu.
Ele ficou no escuro.
«É uma ilusão», pensou ele
Afinal, Deus tinha-se enganado e Alberto foi mandado para o inferno.
Andreia Remígio, 17 anos Monthey – Suíça, prof Amélia Pessoa
Desafio nº 94 com clarão, porta a bater e ilusão

Sem comentários:

Enviar um comentário