18 abril 2017

Emília Simões ― desafio RS nº 48

Era noite alta e Francisca, sozinha, toda enroscada no canto da lareira como se fosse um gato. Para ali estava, sem ninguém para conversar e, por vezes, o medo assaltava-a. A sua vida era assim. Nunca
casara e já se arrependera. Mas, nada a fazer. Era tarde. Levantou-se e espreguiçou-se dirigindo-se para o quarto. Olhou-se no espelho da cómoda e assustou-se. Não se reconheceu. Sobressaltada reparou que afinal era a Lua que, refletida no espelho, lhe sorria.
Emília Simões, 65 anos, Mem-Martins (Algueirão)
Desafio RS nº 48 ― um rosto diferente no espelho

2 comentários:

  1. Boa tarde Margarida,
    Muito obrigada por ter publicado a minha história
    Um beijinho e excelente semana.
    Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sempre muito bom ter histórias suas.
      Um grande beijinho

      Eliminar