03 maio 2017

Inês Aparício ― desafio RS nº 39

Um som entrou em mim. Julguei-o ruído, tentei fugir dele e no meu disco preferido mergulhei. Porém, o mergulho foi um erro e ensurdecedor tornou-se o som com o tempo. Depois, ele roubou-me
o sono e deixei eu de resisti-lhe. Escutei-o, por fim: sei-te em todos os pormenores e descobri os teus pés de sonho. Sempre que eles se movem, o sonho pode-se construir. Move-te pelo sonho e um destino feliz escolhes. Ouve-me: este é o teu momento.
Inês Aparício, 30 anos, Porto
Desafio RS nº 39 – história de amor sem A!

2 comentários:

  1. que linda história de amor...gostava que lhe tivesse dado um título. Parabéns

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois era, mas o título deve ser escolhido pelo autor do texto.
      Ah, e nunca conta para as 77 palavras ;)

      Eliminar