05 junho 2017

Ana Paula Oliveira ― desafio nº 119

Balouço no bolso do avental de Odete que caminha apressada, abraçada ao molho de flores acabadas de colher. Crisântemos. Não sabe porquê, mas sempre foi apaixonada por eles. Coloca-os na jarra e guarda apenas um, vermelho, para pô-lo ao peito. O jantar vai ser de cerimónia, quer estar bonita. Eu ajudarei, prendendo o crisântemo. Eu, um alfinete inútil! A flor fará sobressair o decote. O decote fará entrever uns seios de seda. Ele declarar-se-á, finalmente. Espera ela!
Ana Paula Oliveira, 56 anos, S. João da Madeira

Desafio nº 119 ― crisântemo + alfinete

Sem comentários:

Enviar um comentário