21 fevereiro 2018

Chica ― escritiva 29


Fim de tarde, Rita no parque.
Absorta, ouve vozes.  Escuta então:
― Logo, eu e os demais bancos todos que estão tão coloridos  ficarão vazios. Será, virá a carroça de pipoca como sempre, encostar-se em meus braços?
Ela olhou, aguçou os ouvidos e jura que viu o banco enlaçar em abraços uma carrocinha onde pipocas brilhavam... Ouviu até os “smacks” de beijos apaixonados...
Viu, ouviu. Porém horas mais tarde, acorda.
Fora apenas um bem inusitado sonho de amor!
Chica, 69 anos Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil
Escritiva nº 29 – história de amor de objetos


1 comentário: