13 março 2018

Helena Rosinha ― desafio 137

O ti’ João não era má pessoa, mas irritavam-me aquelas certezas do “antigamente é que era bom“. O progresso era a causa de todos os males: Internet, telemóvel, gps… tudo manifestações do demo!
Lume? Qual isqueiro, qual quê ― a fricção de duas pedras resolvia a questão. A melhor rota? A rosa-dos-ventos serviu bem os nossos navegadores!
Já agora, o pombo-correio resolvia o encerramento dos CTT, não?
Felizmente, vozes de burro não chegam ao céu!
Helena Rosinha, 65 anos, Vila Franca de Xira
Desafio nº 137 ― rosa, isqueiro, burro


Sem comentários:

Enviar um comentário