30 maio 2018

Ana Beatriz ― desafio 118


Tímida Chuva
Num reino distante, a maioria dos habitantes detestava a luz. Nas trevas, perseguiam os radiosos. A princesa Maria, de carácter bondoso, era muito atingida. Apelidaram-na de Tímida Chuva. Preferiam chuva torrencial, vendavais, grandes incêndios.
Quando os fogos chegaram, a Tímida Chuva, compadeceu-se com o sofrimento daqueles que a ostracizavam. O seu apelido, alvo de tanta zombaria, foi pronunciado com respeito. As nuvens rosaram, doando água milagrosa, restabelecendo a harmonia. Dos rostos claros, orvalhados pelo amor, explodia gratidão.
Ana Beatriz, 39 anos, Lisboa
Desafio nº 118 – associação de palavras

Sem comentários:

Enviar um comentário