22 maio 2018

Theo De Bakkere ― escritiva 32


Uma hora de escuta
O hóspede novo revelou-se como um narrador eloquente, e os pequenos-almoços tornaram-se uma hora de escuta cativante. Então, sempre falava emocionado sobre África do Sul, sua terra natal, da beleza da savana, as excursões anuais que fazia, mas também do calor tórrido, os perigos ao passar a vau, o medroso rugido noturno dos leões. Os seus ouvintes encantados ofereceram-lhe chã e bolo, mas o gnu endurecido contentou-se com um feixe de palha e um balde de água.
Theo De Bakkere, 66 anos, Antuérpia, Bélgica
Escritiva nº 32 ― um GNU na história

Sem comentários:

Enviar um comentário