10 julho 2018

Filomena Galvão ― desafio 145


O dia começou quando o Doutor Mário acabou o serviço de banco e pôde finalmente ir descansar. A idade já não lhe permitia grandes folias, nem o trabalho árduo de turnos em dose inumana. No entanto, a catástrofe tinha-o obrigado a socorrer uma série de vítimas de derrocada. Teria agora direito ao merecido repouso. Aquele a que todos os guerreiros têm direito. Chegou a casa exausto, entorpecido atirou-se vestido para cima da cama e num ápice adormeceu.
Filomena Galvão, 57 anos, Corroios
Desafio nº 145 ― o dia/noite começou quando…

Sem comentários:

Enviar um comentário