10 maio 2018

Matilde e Martim ― sem desafio


De nada, até parece magia,
De nada, por tudo passaste.
Parece que nem te conhecia 
E, afinal, tu é que me ajudaste.

Sempre que todos vão e vêm,
É 8ito ou 8itenta...
Parece que não entendem
Que esquecer é uma dor lenta.

Quase nem te vejo, já lá ao longe.
Quero-te ao pé do meu ser.
És sempre tão difícil de entender!

Tu podes não ter idade
Para entender ou perceber
Que, por saudade, me fazes sofrer...
Salvador Dias, 8º ano, Colégio Bernardette Romeira, Olhão, professora Ana Cristina Santos

2 comentários:

  1. Adorei essa postagem, obrigada por compartilhar, criei um link para voce em Como Fazer

    Adoraria ter uma visitinha sua. bjinhuusssss

    ResponderEliminar