30 junho 2018

Dânia Vicente ― desafio 143


Eunice espalhava gratidão. Procurou as colegas. Conversaram, programaram, divertiram-se! Eunice tentou intervir, os rostos viraram-se, anulando-a.  
Eunice questionou-se - não encontrou qualquer resposta!
Durante aquele ano, amou muito, mas também reclamou. Nunca lhe reconheceram justiça,  olhavam-na com desdém. Sentiu claramente, obscureceu!
Fechou-se numa noite intensa! Apenas a casa divina, no seu coração, permaneceu acesa.
Deus sentiu.
A tarde ia alta, enegreceu. Choveu, Deus chorou. Indignou-se com as tenebrosas ações. Quando uma alma anoitece, o Céu escurece. Eunice rezou.
Dânia Vicente, 44 anos, Penamacor
Desafio nº 143 ― novo ditado popular

Sem comentários:

Enviar um comentário