09 agosto 2018

Dânia Vicente ― desafio 133


Após cair nas silvas, passarinho migratório levantou voo. A passarada estupefacta alternava entre bicos espantados e murmúrios de maledicência. Passarinho migratório tinha coraçãozinho luminoso, vibrante de alegria.
Sentiu que a vida desfazia alguns companheiros, resolveu dar-lhes ânimo. Tarefa difícil!
O encontro com pedra multicolor potenciou-lhe os dons. As cores não tinham luz ― após o encontro, as cores iluminaram-se. Ficou divina. Um par perfeito!
Naqueles dois, a positividade era regra. Cada pensamento conjunto, uma bênção para a humanidade.
Dânia Vicente, 44 anos, Penamacor
Desafio nº 133 ― cair nas silvas

Sem comentários:

Enviar um comentário