11 maio 2014

Como explicar?

A menina coçava frequentemente a garganta e fixou o chão sem olhar para professora. Entretanto fazia caretas e movimentos descontrolados com os dedos.
Menina, como se chama? Perguntou a professora.
Ah!, a rapariga… As palavras atrapalharam-se dentro da boca. Não conseguia formular uma frase e sem querer gaguejava    mer… merda! Ana, merda!
A inteira turma rebentou de riso e a professora devia intervir forçosamente na hilaridade.
Mas como?
Como deveria explicar aos jovens a síndrome de Tourette?

Theo De Bakkere, 60 anos, Antuérpia, Bélgica

Desafio RS nº 13 – … palavras atrapalharam-se dentro…

Sem comentários:

Enviar um comentário