18 novembro 2018

Sarah L ― desafio 150

Há muito muito tempo atrás uma drogaria, foi fechada pelo presidente da Câmara porque vendia porta chaves cheios de gordura. Tinham desenhos assustadores por exemplo bruxas e dragões. Ao lado tinham uma loja que vendia drageias de vários sabores cores e tamanhos onde os meninos se deliciavam nas tardes de verão. Do outro lado havia uma loja que vendia dragas grandes. Junto a todas essas lojas havia um pasto enorme e verde onde estava um grande gado.
Sarah L, 5ºC, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Sofia P ― desafio RS 17

Ludmila Faneca sempre viveu no que achava ser um estafermo regime de vida, restrito apenas àquilo que o mar podia dar. Acreditava que a vontade de cimento do seu pai a deixava presa, obstruindo o seu próprio alvedrio.
lamparina que possuía, da sua bisavó, lembrava-lhe o que esta sempre apoiou, ao contrário do seu querido pai: uma vida cheia de concretizações, de sonhos. Tendo isso em mente, seguiu o rumo do tratamento de unhas e vingou.
Sofia P., Escola Secundária José Saramago – Mafra, prof Teresa Simões
Desafio RS nº 17 – Ludmila Faneca

Pedro J e Catarina P ― desafio 150


O gordo está na escola a comer uma pizza de fiambre. Ele vai ter aula de Português daqui a quarenta e cinco minutos. Mas ele não se despacha a comer a sua pizza de fiambre. Ele comeu tanto, que não conseguiu sair da escola, porque ficou preso na grade. As funcionárias da escola chamaram os bombeiros para retirarem o rapaz gordurento do gradeado. Em seguida foi para casa e levou com geada, para se desfazer da gordura.
Pedro J e Catarina P, 5ºC, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Melissa A ― desafio 37


Gisele, de vestido preto, viu-se no espelho e retocou o rímel, olhou nos seus olhos, de íris verde, e viu neles o seu desmedido e triste desejo.
No seu cômodo, viu pelo vidro, com enorme dor, o reflexo do seu esposo, que reside longe de si, por muito tempo. Prefere o seu desvelo obscuro. Fé reside em si, no peito, que o seu querido retorne e se delicie com o vinho vermelho no belo copo de vidro.
Melissa A, Escola Secundária José Saramago – Mafra, prof Teresa Simões
Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

Catarina S e Madalena R ― desafio 150


Era uma vez, um rapaz chamado José Godinho e ele vivia perto do rio Guadiana. O José é muito orientado. Por isso leva a agenda sempre com ele. Para ele, ela é grandiosa. Custa-lhe muito andar com ela às costas pois ela é muito grande. A Maria, uma amiga dele, um dia magoou-se e ele ajudou-a. Para agradecer ela convidou-o para almoçar e ele, claro, aceitou. Almoçou, conversou e depois despediu-se e foi-se embora para casa. Fim.
Catarina S e Madalena R, 5ºC, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Sofia J ― desafio 150

Numa tarde de sol, no inverno, fui dar um passeio à herdade da Celeste. 
Andei a ver a vacaria, toda moderna, onde o gado degluta a alimentação.
As vacas estavam grandes bem como os bois.
A herdade estava linda, pois já não tinha aquele ar degradado de antes das obras.
O degrau da entrada também estava novo.
De seguida, vi um lindo papagaio com gadanhas enormes.
Celeste, disse-me que já não tinha um ar degradante como antigamente.
Sofia J, 5ºC, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Beatriz P ― desafio 151

Há muito tempo existia um carro chamado capote.
Os senhores que compraram este carro encontraram dentro dele um livro, que tinha numa página uma missanga. Foram a uma loja para ver se a missanga era valiosa e quando saíram da loja deram um grito de entusiasmo.
Chegaram a casa e começaram a trepar as paredes pois agora com aquela missanga podiam comprar duas coisas que precisavam muito para fazerem um jantar especial: um espargo e um funil
Beatriz P, 5ºE, 10 anos, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 151 ― palavras com espargo

Beatriz P ― desafio 150

Era uma vez um guarda chamado Diogo que colecionava antiguidades.
Certo dia, uns homens foram ter com ele e disseram-lhe:
― Temos aqui uma preciosidade que vais querer ter na tua coleção. Um guardanapo!
― E o que tem ele de especial para ser tão precioso? - perguntou-lhes Diogo.
― Pois o guardanapo é bordado a ouro e pertencia à rainha de Espanha que morreu com um grande desgosto por tê-lo perdido. - responderam os homens.
― Fico com ele! Exclamou Diogo eufórico.
Beatriz P, 5ºE, 10 anos, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Daniel I ― desafio 150

Eu fui à casa do meu amigo que tinha um gato gordo muito comilão. O meu amigo guardava algumas vezes a comida do gato para brincar com ele e para ele emagrece. Um dia o gato viu um regador, assustou-se e deu um salto. O gato encontrou um homem grande que ia levá-lo para o passear no Rio Guadiana. No passeio do magnífico Rio, o meu amigo teve o seu dia mais feliz e aguardado do ano.
Daniel I, 5ºC, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Santiago C e Miguel H ― desafio 150


O senhor Godinho vai de férias para o Natal. Para isso tem de deixar o seu gado guardado na quinta. Ele pensa visitar os seus familiares a Vila Real de Santo António, e juntos ser capaz de vencer um dos seus grandes medos: atravessar o Guadiana.
Para fazer esta viagem vai comprar umas botas numa drogaria.
Estes são os seus planos para estas férias, se entretanto não perder a coragem pois tem medo da água
Santiago C e Miguel H, 5ºC, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Constantino Mendes Alves ― desafio 153


À Primeira Oportunidade Teve Este Rasgo Aliciante.
Aliás, Profissional Onde Todos Encantou, Reconheceram, Aceitaram.
Assim Principiou O Treinador E Responsável Ambicioso.
A Promessa Ou Tendência Essencial Respeitará Alguns.
Até Prometidos Olheiros Tornaram Esse, Respeitado Alguém.
Antes Porém, Ouviu, Tratou, Estabeleceu Regras Antecipadamente.
As Principais Ovações Tentaram Entusiasmar, Ruídos Alegres.
Agora Pontapés, Outros Tiros Emblemáticos, Revigoraram Ambiente.
Averbara Precioso Ouro, Treinara Equipa Rigorosamente Autêntica.
Álgido, Prometeu Objetivo Timoneiro, Encontrar Riscos Altos.
Altivo, Primordial, Ortodoxo, Tenderá Encarar Reais Alvos.
Constantino Mendes Alves, 60 anos, Leiria
Desafio nº 153 ― frases com APOTERA

Vicente F ― desafio 150


Godzilla e Guadalupe
Nas minhas férias de verão, fui a Gondomar visitar o meu tio Godinho, mas nesse dia ele estava doente com uma amigdalite. O meu tio decidiu ficar em casa a recuperar e foi a minha tia Brígida que me levou a passear e a conhecer a quinta. Adorei todos os animais que vi, mas dos que mais gostei foram os cães que guardavam o gado, o Godzilla e a Guadalupe, e ficámos amigos. Foi um dia prodigioso!
Vicente Ferreira, 5º C, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Guilherme M e Tiago S ― desafio 150

A Bailarina
Era uma vez uma menina chamada Guida.
Ela vivia em Gondomar, e era um pouco gordinha grande. A Guida era tão gordinha
que a mãe decidiu obrigá-la a praticar desporto.
Como a Guida não gostava de desportos com bola, a mãe inscreveu-a no ballet.
Na sua primeira aula, fez logo muitas amigas.
O seu professor chamava-se António Godinho e era muito baixinho.

Esse professor resolveu dar um espetáculo com as suas alunas, junto ao Rio Guadiana.
Guilherme M e Tiago S, 5.º C, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Camila C e Matilde G ― desafio 150


A Guida é bonita e muito inteligente.
Ela gosta muito de morar em Gondomar.
Todos os sábados ela vai comer gelado
Ela tem casa perto do rio Guadiana
Lá a sua casa é muito grande
Guarda o seu regador num enorme armazém. 
Muitos dos seus amigos vivem em Faro. 
Ela quando for grande quer ser médica. 
A sua melhor amiga é a Rita. 
No verão vai à casa da Rita. 
E é assim a sua bela vida! 
Camila C e Matilde G, 5°C, AE Pinheiro e Rosa, Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Beatriz G e Marta R ― desafio 150


O natal está a chegar e a Guida ficou responsável por organizar uma campanha de solidariedade. A campanha será sobre a generosidade das crianças na época natalícia. Cada criança terá de trazer um ingrediente para fazer o famoso guisado natalício. A campanha, digamos, ação de solidariedade vai ser com certeza um grande sucesso. Todos trouxeram um pedacinho do ingrediente principal: Amor. Todos os alunos terão a oportunidade de saborear o prato natalício. Assim, o amor foi espalhado.
Beatriz G e Marta R, 5.º E, AE Pinheiro e Rosa,
Faro, prof Maria Manuel
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

17 novembro 2018

Silvina ― desafio 142


Entrou no quarto, o seu novo RETIRO
Cheirava a LIMPEZA e lavanda como gostava
CORTINADO aberto, deixava entrar o sol
A cama impecavelmente feita PROMETIA noites descansadas
Sim, ali iria conseguir tranquilizar os PENSAMENTOS
Doeram-lhe os RINS, memória das pancadas levadas
Respirou fundo, tentando apagar esse passado FANTASMAGÓRICO
Raciocinou, pois, toda aquela MISÉRIA tinha acabado
Graças a amiga, conseguira apanhar o EXPRESSO
Fizera a longa e dura TRAVESSIA, amedrontada
Mas finalmente chegara a salvo ao CONTINENTE
Silvina, 48 anos, Sintra
Desafio nº 142 ― 11 palavras para frases de 7

EB Galveias, 3º/4º B ― desafio 153


A Paula Ouviu Três Éguas Relinchar Alto.
Assustou-se Porque O Tomás Era Responsável Agora.
A Propriedade Ouriço Tem Erva Radiosa Artificial.
Antes Pediu Os Tomates Esverdeados, Redondos Amarelados
Algo Passou, O Tiago Escorregou, Riu Alto.
Afonso Passa O Telemóvel Errado, Ri Angustiado.
Albertina Partiu O Tablet Encantado Roxo Azulado.
Apareceu Perto O Terceiro E Rápido Antílope.
― Avô, Pode Ouvir Tudo E Responder Afirmativamente?
― Agora Posso Ouvir-te, Teresa, Espera, Repete Amor.
Apoiou Positivamente O Treino Especial Realizado Ativamente.
EB Galveias, 3º/4º B, prof Carmo Silva
Desafio nº 153 ― frases com APOTERA

Maria do Céu Ferreira ― desafio 150


A galinha gorda
grande gorda galinha
Degustava com prazer,
Pretendia ser rainha:
Reinar, governar, comer!

Das grades do seu poleiro,
Penicava a bicharada,
Nem escapava o moleiro,
Coisa que o desgostava!

Com as asas afastadas,
O bico pronto a bicar,
Saltava mansas e bravas
Sem o galo escapar…

O moleiro já cansado,
Trouxe consigo alguidar,
Um facão bem afiado
Pronto para lhe pegar…

E a galinha poderosa
Não espapou à cabidela,
Houve comida gostosa
E acabou a picadela!
Maria do Céu Ferreira, 63 anos, Amarante
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD

Rosélia Palminha ― desafio 154


Ingenuidade
Seguia com destino incerto como incerta é vida. Cheguei a uma rotunda. Alguns metros mais à frente deparei-me com uma placa de marmorite anotando informação importante:
Senhores visitantes encontram-se à entrada da floresta mais remota que transmite tremores e ataques de pânico aos mais audazes. 
Desesperadamente tentei inverter a marcha, mas a curiosidade da informação sem argumentos, venceu.
Espreitei. Apenas vislumbrei uma árvore secular. Não tinha folhas, apenas macacos suspensos brincando e rindo. 
Senti-me moralmente uma tótó.
Rosélia Palminha, 70 anos, Pinhal Novo
Desafio nº 154 – palavras com M E T R

Iara C ― desafio 150

Um dia, encontrei um menino um pouco gordo. Guardava um segredo que ninguém sabia!!!!
Certo dia, tentei descobrir o seu mistério, mas viu-me e disse-me para esconder bem aquele amuleto e não falar da vida dos outros. Quando abriu o amuleto viu que o pai dele era um guardião de animais. Percebeu então o porquê de nada contar. Desde daí, deram-se muito bem e passaram a ter uma alcunha: um era o “gordinho” e o outro “gorducho”.
Iara C, Casa Pia, CED NAP, 6º ano, prof Teresa Monteiro
Desafio nº 150 ― 6 palavras com GD