03 março 2011

como tudo começou!!!

histórias em 77 palavras

Tudo começou, pela mão de Maria Jorge Costa, num cantinho da PAIS & Filhos, onde eu e a Francisca Torres fazíamos, todos os meses, 3 histórias - uma para filhos, outra para pais, outra pais e filhos (ou tios e sobrinhos, ou avós e netos!).
 Depois, saltámos para a plataforma digital - mesmo depois de acabar a ligação à revista, não podíamos quebrar esta ideia!!! Aqui estamos.
Este espaço será dedicado a micro-histórias, pois terão sempre e apenas 77 palavras. Loucura? Não, pura diversão. 

A magia das histórias curtas prende-se sobretudo com o equilíbrio entre aquilo que se quer contar e aquilo que se permite ao leitor adivinhar em cada frase. Há anos que lanço este desafio nos meus cursos de escrita, seja com crianças, jovens, adultos ou professores. E é sempre com um enorme sorriso que lemos os resultados. Passamos uns bons minutos, de língua de fora, como quando temos de recortar uma figurinha complicada, a contornar as palavras dispensáveis, a esconder segredos, a descobrir como se pode dizer tanto… escrevendo tão pouco!

Porquê 77? A resposta é bastante simples: o número é, em si, divertido, aqui não escondi nenhum segredo, prometo.
A parceria com a Rádio Sim aconteceu em Maio de 2013, e assim conto todos os dias uma história às 21h20, com a Helena Almeida. Depois, fica sempre uma gravação do programa no blogue.

Queremos que entre neste jogo connosco. Nos dias 10, 20 e 30 de cada mês é publicado o desafio da semana. Mas também pode enviar histórias fora do desafio, claro!!!
Vá, toca a pegar num lápis (dispensa-se a borracha, é riscando que se avança) e construir uma história de 77 palavras. Atenção: nem 76, nem 78 – 77!!!
Envie as suas histórias para 77palavras@gmail.com 

4 comentários:

  1. Parabéns por esta iniciativa, Margarida
    O resultado está muito bom... há histórias fabulosas.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada! Sempre dá para sorrir, pensar, avançar. Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  3. Gostei da ideia, bastante desafiadora e divertida. Vou ver se me inspiro para colaborar.

    ResponderEliminar