23 janeiro 2016

Para longe

Será que ainda te lembras como me enganei contigo? Completamente apaixonada, corri o mundo atrás de ti! Tu apenas me fizeste mais uma das tuas namoradas e eu a pensar que nos iríamos casar, que os meus pais te iam conhecer. Caí na tua teia. Como foste capaz? E logo enganares-me a mim, a quem dizias ser tua amada. Ainda estou parva, como foste capaz? Sempre me enganaste ou também te apaixonaste? Vou mandar-te embora, para longe. 

Mariana Bastos, 13 anos, Santa Maria da Feira
Desafio RS nº 33 – uma história de enganos


2 comentários:

  1. Ana Paula Oliveira26/01/16, 23:01

    Fiquei admirada quando a "minha" Mariana me disse que tinha enviado a sua história. Foi completamente autónoma, só a gora lhe pus a vista em cima.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ficou excelente, já viu? Fico tão contente quando os vejo agarrar os textos e sorrir!
      Mas parte da «culpa» será sempre sua...
      Um beijinho

      Eliminar