11 abril 2016

Maldita!

SUBI ao banco.
MATEI a lagarta, SEGUIU-SE a barata,
que por SER mentirosa, PROCUROU
METER-SE debaixo da cama.
Então, barata, SABES que te MATO,
vá lá, SAI daí. ROGO-TE.
PROMETO, que te MATO com carinho.
SAIS a bem, ou SAIS a mal?
SUFOCO-TE com o sapato,
depois logo SABERÁS,
como é MORRER às minhas mãos.
Ainda não SABES, mas a tua amiga
lagarta já não te SAFA.
PROMETO-TE uma morte SUAVE.
sem sofrimento, mas lenta.
Maldita barata.

Natalina Marques, 57 anos, Palmela

Desafio nº 46 – substantivos, adjectivos e verbos começando sempre por P, M, S ou R
(quase perfeito)

Sem comentários:

Enviar um comentário