19 abril 2016

O perigo anda no ar

Duas melgas, uma magra que nem fuso, outra gorda que nem cabaça, conversavam sobre as suas melguices. Dizia a escanzelada:
Eu cá só gosto de sugar pessoas magras. Por isso sou toda elegante!
– Elegante?! Homessa!... isso chama-se mas é magreza… pareces um pau de virar tripas… eu cá sou bem cheiinha… meu Manel regala-se comigo…
– Cheiinha!? Deixem-me rir, gorda que nem baleia, isso sim!
Nisto, houve-se um estalo no ar.
– Palminhas mamã… matei duas melgas!
– Lindo menino!…

Domingos Correia, 58 anos, Amarante

Desafio nº 24duas melgas à conversa, uma gorda e outra escanzelada

2 comentários:

  1. Gostei das melguices!!!
    Texto muito engraçado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ;)
      Não escaparam, mas ficou o máximo.
      Um beijinho, Andrea

      Eliminar