16 maio 2016

A composição

Na mão do menino brincava o lápis enquanto pensava nas palavras certas para a composição. O pensamento voou juntamente com o lápis. Ninguém se mexeu, continuaram a escrever. O menino olhou para a professora pedindo para usar novo lápis. O olhar de volta aprovou o gesto. O menino continuou a escrever a composição. A imaginação fluiu e nunca mais se lembrou do lápis caído. No final recebeu uma bela nota e um embrulhinho de laço verde, redondo.


Rosário Oliveira, 50 anos, Leiria
Desafio RS nº 37
 – o lápis caído no chão

Sem comentários:

Enviar um comentário