05 junho 2016

Óculos “muito à frente”

Na pesca, quando chove ou há nevoeiro, as lentes dos óculos ficam completamente tapadas. Nessas alturas, penso: “Dava imenso jeito existirem óculos com limpa-vidros elétricos, iguais aos dos para-brisas dos carros!...”
Uma vez, sonhei que o professor Pardal, após algumas planificações, experimentações e considerações, criou uns óculos perfeitos. Um motorzinho elétrico minúsculo, acoplado aos óculos, fazia mover dois limpa-vidros que me resolveram as aflições, quando, em dias de chuva ou nevoeiro, queria enfiar o isco no anzol.

Domingos Correia, 58 anos, Amarante

Desafio Escritiva nº 8 - invenção que muda o mundo

Sem comentários:

Enviar um comentário