30 junho 2016

Um amor diferente

Era uma vez uma cadela que vagueava pela rua e ouviu um choro vindo de uma caixa abandonada numa ruela. Aproximou-se devagar e abriu-a com cuidado. Era um bebé. A cadela, com pena da criança, decidiu levá-la para casa da sua dona. Assim que viu a caixa começou a discutir mas quando viu o bebé decidiu cuidar dele. A cadela ajudou a cuidar da criança que ia crescendo, feliz, e nunca descobriu qual a sua verdadeira identidade.

Laura Pozas e Miriam Acosta, IES Profesor Hernández Pacheco, Cáceres

Sem comentários:

Enviar um comentário