16 setembro 2016

Duas mortes e um caminho

Durante a Segunda Guerra Mundial, existia um casal que muito se amava, porém o esposo da moça teve de ir para a guerra. Quando chegou lá, levou um tiro no pulmão e morreu.
Sua mulher foi notificada da morte de seu amado, entrou em choque e começou a chorar. O dia do enterro dele fora marcado e todos os amigos e parentes compareceram ao sepultamento.
Ela suicidou-se, então o casal foi encontrar-se no mesmo caminho – a morte.
Ruan T. da Silva, 13 anos, CEF 04 de Brasília, 8º ano A, profª Celina Silva Pereira

Sem comentários:

Enviar um comentário