08 novembro 2016

Completa

Era a repetição daquele pensamento que me aturdia como cavalo sem destino. E se tivesse sido tudo diferente? Se tivesse dado ouvidos à revolta em vez de abafá-la pelo amor dos outros? Tantas noites de frio em que me menti a jurar-me que tudo estava bem, que ia passar, que o importante era continuar. Mas a troco de quê? E foi preciso vencer o espanto que o medo me tentou impor para, enfim, me libertar inteira, completa.
Paula Coelho Pais, Lisboa, 55 anos

Desafio nº 92 – associar: frio, espanto, revolta e repetição

Sem comentários:

Enviar um comentário