10 fevereiro 2017

Alzheimer

Alzheimer… que doença terrível ladra das nossas memórias! O medo de esquecer todos aqueles momentos maravilhosos ou que nos colocam à prova e, que nos vão construindo enquanto pessoas, motivou-me a escrever sobre os melhores e piores acontecimentos da minha vida. Comecei a fazer um diário. Muitas vezes faltaram-me as palavras adequadas para descrever essas situações, mas o medo de um dia caírem no esquecimento, foi superior à dificuldade encontrada… e foi por isso que me escrevi. 
Vera Saraiva, 37 anos, Redondo, Alentejo

Desafio nº 100 – «e foi por isso que me escrevi»

Sem comentários:

Enviar um comentário