04 fevereiro 2017

Hum... doce?

Nunca tinha esperado com tanta impaciência que soasse o relógio de cozinha. Era a primeira vez que os meus pais vinham visitar-me a Salamanca (eu sabia que vinham para comprovar se era capaz de viver autonomamente) e queria demonstrar-lhes as minhas habilidades culinárias. Decidi, no último momento, fazer um bolo doce (eles são muito gulosos), mas não tinha suficiente açúcar e roubei o resto à minha companheira. Podem imaginar a minha frustração quando descobrimos que era sal?
María Martín-Luquero Rodríguez, 20 anos, Salamanca, prof Paula Pessanha Isidoro

Desafio Escritiva nº 15 – falta um ingrediente e o jantar é dali a nada…

Sem comentários:

Enviar um comentário