30 maio 2017

Vera Saraiva ― desafio nº 74

Finalmente os ovinhos eclodiram, que alegria! As visitas regulares à amoreira da aldeia para ir recolher algumas folhas para os bichos-da-seda, voltaram. Ao longo dos próximos dias observo os
bichinhos a crescer, até que um dia fazem o casulo. Volta a espera e por fim nascem as borboletas, segue-se o acasalamento e surgem os primeiros ovinhos, que lindo! Num dos dias seguintes cheguei a casa… que tristeza… ali fiquei a observar no nada em que se transformaram.
Vera Saraiva, 37 anos, Redondo
Desafio nº 74 – nada em que se transformara

Sem comentários:

Enviar um comentário