25 junho 2017

Catarina Cordeiro ― desafio nº 1

Momentos
pena que me dava ver aquele sorriso tão belo a desvanecer-se por entre as chamas que ardiam sem se ver! Aquele fogo tão denso penetrava dentro do seu olhar, percorrendo todo o caminho até ao seu coração.
Do seu rosto caía apenas uma doce e pura lágrima. Tão doce quanto a chuva de verão que purificava a sua alma, sem deixar qualquer marca. Ele era livre e determinado. Porém, apenas o afetava o sentimento da solidão.
Catarina Cordeiro, 12 anos, Montijo, Escola Secundária Jorge Peixinho, prof São Almeirim

Desafio nº 1 – palavras impostas: pena, sorriso, fogo

4 comentários:

  1. Que texto tão "profundo" vindo de uma miúda tão nova ainda!
    Temos futuro! Temos talento!!!

    ResponderEliminar
  2. Tanto sentimento em tão poucas palavras!
    Que nunca percas o gosto pela escrita!!!

    ResponderEliminar