20/08/12

Alda Gonçalves e a serenidade

Há pessoas assim. Toda ela refletia serenidade. Gestos suaves, voz pausada, olhar calmo, como calma a vida que levava. Os livros que lia com sofreguidão, a música dos grandes compositores escutada do velho gira discos. Os passeios por entre as tílias e os plátanos, do belíssimo jardim deixavam-na em êxtase. Dormia melhor depois do passeio, dizia! Nunca uma palavra de azedume se lhe ouviu, nunca um lamento pronunciou. E sofria!
Quando amanheceu elevou-se em paz e serenidade.

Alda Gonçalves

Publicado aqui: http://macadejunho-mafaldinha.blogspot.pt/2012/11/historias-em-77-palavras.html