20/01/13

Homenagem à natureza fustigada neste sábado


Tenho pele enrugada, curtida pelo sol.
São muitos os anos, as primaveras.
Por vezes me enfeito e embelezo.
Acontece sempre que a primavera chega.
Continuo vaidosa e gosto de brilhar.
A Oriana amarinha pelos meus ramos.
Instala-se na bela casa de madeira,
produção do tio Patrocínio com amor.
E ela sonha com o dia,
em que também abrirá os braços
para receber alguém no seu colo.
É o milagre da vida,
que se renova
a cada amanhecer.

Quita Miguel, Cascais