01/01/13

Votos para 2013



É apenas mais uma meia-noite. Muda o mês como todos os meses, muda o ano, como todos os anos.
A expectativa, contudo, é mais expectante, vulnerável, sonhadora ou pessimista.
A grande árvore do jardim ergue seus ramos nus, perdeu as folhas. Talvez em 2013 perca também seus ramos, ou te-los-á, quem sabe, cobertos de folhagem verde de esperança.
Ah! Ouço foguetes a estralejar!
Há festa no ar.
Felicidades, Paz, Saúde, Amor!
São também os meus votos.

Rosélia Palminha