11/04/13

Aves


Aves
Nos meus ombros estão,
coisas muito lindas,
a passar de um lado para o outro,
as aves de quintal.
Ao passar do tempo tudo acontece:
pessoas a ralhar,
velhinhos a contar as suas histórias
de sítios bem longínquos,
a consolar os mais novos.
As mães a procurar
os seus simples brincos,
sem esquecer de aconselhar o marido.
Connosco, homens,
nada nos vai atrapalhar.
Sempre com pacientes,
nos hospitais da esquina,
os médicos nem dizem uma frase…

João Ribas, 9 anos, EB1 de Lamas 1 (Prof. Conceição Ferreira)

Sem comentários:

Publicar um comentário