13/04/13

Um tio tonto

 foi a Toronto e de tanta neve que via, resolveu andar de trenó. Mas como faria? Não era um sonho muito fácil de realizar… Tinha um tio um pouco tonto, com mão de marceneiro. De um toro de madeira velho, no torno, aparelhou, serrou, esculpiu, cinzelou e finalmente uma pequena obra de arte. Perfeita não, alguns defeitos que nem noto. Parecia um rei sem trono.
Do restinho ainda deu para fazer um pião.
Que saudades!

Alda Gonçalves, Porto

Sem comentários:

Publicar um comentário