30/06/13

Marcar o mal

Num rastejante período, passei por uma pessoa que planejava marcar o mal no mundo todo e nada lhe saciava, afinal.
Mandona e sedutora, sem pensar no ritmo pessoal e social de cada semelhante, pregava seu rastro 'sobrenatural' e raivoso em todos que lhe permitiam...
Não possibilitava raciocínio e logo logo punha a sua miraculosa maneira de seduzir.
Pirateava a todos, no pormenor que rastejassem sobre si.
Pobre miserável, se prostrou por mentir!
O mal não prevalece jamais...

Rosélia Bezerra, 59 anos, Brasil

Acaba de publicar um livro, seja aqui

Desafio nº 46 – substantivos, adjectivos e verbos começando por P, M, S ou R

Sem comentários:

Publicar um comentário