30/07/13

E prontos, está dito!

– Epá, não sei. É assim, tipo, não sei. Sente-se e prontos.
– Percebi tudo!
– Opá, é tipo, prontos, quer dizer, não te sei dizer. Prontos, é assim: a coisa começou a desenrolar bem, tás a ver. Prontos, depois, epá, foi só deixar a noite correr e prontos, as palavras soltaram-se e prontos – disse o que tinha a dizer.
– E disseste o quê, já agora?
– Epá, sei lá, meu. Prontos, tás a ver, foram muitas coisas.
– E dizes-te escritor.

Carolina Cordeiro, 34 anos, Ponta Delgada, São Miguel, Açores  


Desafio nº 48 – diálogo em que uma personagem tem um tique de linguagem

Sem comentários:

Publicar um comentário