17/07/13

Sentir o "AMAR"

Era um amor sentido;
Mas não vivido.
Um amor puro, sincero, verdadeiro;
Mas... onde estava? Não sabia!

Era um amor triste, que doía;
Mas onde estava? Não sabia!

Só sabia o que sentia... amor!
Mesmo sem saber;
Lhe causava tanta dor!

Até que encontrou
O amor que sonhou;
O amor que sempre amou!

Ela sabia, sem querer saber;
Ela sofria, sem querer sofrer;
Ela não dizia, não podia dizer!

Mais uma vez;
Sofreu, amou e não viveu...

Clarisse Melo, 45 anos,  Ourém


(história sem desafio)

Sem comentários:

Publicar um comentário