10/09/13

Inconveniência

A transparência da minha sonolência é inconveniente. Três horas da manhã e as visitas grudadas, como lapas, no sofá. Ela transcrevia no meu livro de receitas a sua última habilidade culinária. Ele deambulava numa conversa repetitiva sobre os sistemas de transportes públicos. Eu, já sentada numa posição transversal, lutava com as pálpebras que ameaçavam deixar transbordar o sono. Queria transpor aquele obstáculo: não conseguia. As minhas feições transformavam-se. Adormeci: ali, com as visitas a falar para mim.

Maria José Castro, 53 anos, Azeitão


Desafio RS nº 5 – 7 palavras com TRANS–– (no início, não necessariamente prefixo)

Sem comentários:

Publicar um comentário