02/10/13

Quando estou triste

Eu gosto muito de tocar flauta.
Quando sopro com força, às vezes, faz um ruído desagradável, como se
fosse um apito forte.
Mas há uma música que toco na flauta que me faz lembrar a minha mãe.
Fico triste porque ela vive no Porto. Está longe. Só falo com ela ao
telefone. Tenho muitas saudades dela.
Quando estou triste umas vezes gosto de ficar em silêncio, outras
vezes vou jogar PSP (playstation) ao pé do meu pai.

João Miguel Figueiredo, 9 anos, Lisboa (com o apoio da professora Margarida Belchior, Escola do Largo do Leão, Agrupamento de Escolas Luís de Camões).

Desafio nº 52 – uma história com música, ruído e silêncio