14/11/13

Desabafos

Em silêncio, revejo uma vida de desilusões, sinto-me vazia, seca como o deserto.
Exagero? Não. Pura realidade. Há dias em que mora dentro de mim um descrédito para com tudo e todos. Invejo as pessoas que tem a ousadia de seguir em frente sem olhar para trás. Sentimentos confusos apoderam-se da minha alma.
A ponto de querer fugir, fugir para bem longe.
Fecho os olhos, sinto a calmaria, resigno-me a este estado de desambição que escolhi viver.

Carla Silva, 40 anos, Barbacena, Elvas

Desafio nº 54 – pares de palavras com sentido contrário

Sem comentários:

Publicar um comentário