21/08/14

Futebol

Decidira ficar até ela regressar a casa. Imaginara que quisesse voltar a falar consigo. Afinal, fora apenas uma discussão boba.
A sogra é que não gostou:
– Vou ter de pôr água no feijão. 
– Obrigado por pensar assim – respondeu, com ironia. A velha cozinhava pior que mal. 
Logo num domingo, perdera as estribeiras. Agora, não havia futebol para ninguém. Ou talvez houvesse… 
Ruthe regressara sorrindo. Porquê, ele não sabia, nem lhe importava.
«Está na hora do jogo», pensou. 

Quita Miguel, 54 anos, Cascais
Desafio nº 72 – frases de 2, 3 6 ou 7 palavras