09/10/14

Onde estás tu, amor?

Acordei de madrugada, e estiquei o braço.
Estou sozinha.
Levanto-me e chamo: onde estás tu amor?
Não respondes.
Procuro, chamo por este espaço tão nosso.
Amor? Amor?…
Angustiada, não te encontro, onde estás amor?
Não desisto,
Procuro-te, nesta madrugada, com um chamamento desesperado…
E finalmente
Encontro-te, sozinho, dormes, sem dares por nada.
Em silêncio,
Olho para ti, o teu rosto adorado,
repousa sereno.
Então, volto ao nosso leito e descanso.
É madrugada…
Até já, meu querido amor!!!

Sissi, 39 anos, Vila Real
Desafio nº 75 – frases de 7 e 2 palavras
Mais histórias aqui: http://reflexoesrapidas.blogspot.pt/