10/01/15

Deixar-te partir

Nada mais fácil que encontrar momentos felizes contigo vivenciados, afinal foi tudo o que me proporcionaste ao longo destes anos! Na minha agora tão gélida alma, nada mais reside senão memórias de tudo o que partilhámos. Hoje não sou nada mais, nada menos que um pequena criança, que vive na alegria da sua ignorância, fingindo que tudo permanece imutável. É mais fácil assim! Espero que tenhas sido feliz connosco, nós fomos contigo! Deixar-te partir… Nada mais difícil.

Liliana Macedo, 16 anos, Ovar 
Desafio RS nº 19 – começando em Nada mais fácil e terminando em Nada mais difícil